Minutos de Sabedoria

chines

Mesmo quando era jovem, eu já tinha algumas manias bem típicas de velhinhos. Como, por exemplo, andar com uma agendinha no bolso. Ela era pequena e eu escrevia – bem pequeno também – os telefones das pessoas, algumas datas de aniversário e algumas coisas importantes que eu tinha que lembrar. Enfim, era uma mania que eu tinha.

Outras pessoas tem outras manias. Algumas eu nunca consegui entender. Como o pessoal que lia aquele livrinho “Minutos de Sabedoria”. Alguém ainda faz isso hoje em dia? Jamais conseguir engolir a história de que você abre o livro em qualquer página, aleatoriamente, e nessa página estará escrita a frase que você precisava ouvir naquele dia.

Mas como mania é uma coisa que cada um tem a sua, tudo bem. Não é problema meu. Além do que, como eu já disse, eu também tenho as minhas. Eu gosto, por exemplo, de pesquisar provérbios chineses. Isso sim tem a ver com sabedoria. Como esses chineses velhos sabiam das coisas. O meu preferido é esse aqui: “A pessoa nasce com duas orelhas e uma boca, porque é para ouvir mais e falar menos”. Perfeito! Simplesmente perfeito! Como eu detesto gente que fala demais. Elas me cansam. E quando aparece aquele cara que se acha inteligente, que sabe das coisas. Ele quer falar, quer contar que já fez, que já foi, que também conhece… É o verdadeiro mala. Pessoas que se acham muito inteligentes são muito malas. E quando falam demais, mais malas ainda. Pra essas pessoas, eu ativo o meu modo blá-blá-blá. Finjo que estou ouvindo e não ouço absolutamente nada. Uso o mesmo sistema pra mulheres que falam demais (e que geralmente só reclamam de tudo).

Um outro provérbio chinês tem grande relação com isso tudo que eu já disse. Ele diz assim: “A palavra é prata, o silêncio é ouro”. Precisa explicar alguma coisa? Eu até briguei com a minha mulher pois eu queria pintar essa frase na parede da sala de casa e ela não deixou.

Pra terminar essa minha divagação sobre provérbios chineses, tem um outro que eu gosto muito. Ele diz assim: “Quando o sábio aponta para as estrelas, o idiota olha para o dedo”. O que ele quer dizer? Sei lá. Eu achei engraçado de imaginar essa cena e então eu gosto dele.

Deixe um comentário

Arquivado em Texto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s