Arquivo da tag: afeganistão

Eu voltei…

Eu voltei…
voltei para ficar…
pois aqui…
aqui é o meu lugar.

Aqui é o meu lugar de aturar os malas desocupados que torram minha paciência.
Aqui é o meu lugar de escrever as joças que me incomodam pra quem quiser ler.
Aqui é o meu lugar de mandar todo mundo pra casa do carvalho
Aqui é o meu lugar de destilar todo o ódio que corre em minhas veias.

Enfim… Escrevi essa porcaria porque minha mulher estava ouvindo essa música ridícula do Roberto Carlos… Aliás, como pode alguém gostar de um mala que nem esse cantor de meia tigela?? Que tem superstições dos níveis mais absurdos, como proibir tudo e qualquer coisa marrom em seu camarim e no palco. Será que, com isso, ele proíbe até mesmo a presença da Alcione nos shows dele?

Bom, estou de volta do Afeganistão, onde fiz o curso de sobrevivência e isolamento em cavernas. Aprendi técnicas incríveis de esconderijo. Vou colocá-las em prática na minha nova casa que estou construindo. Será um Bunker subterraneo, que possibilitará que eu sobreviva até mesmo em meio a uma guerra nuclear.

Aliás, quem sabe essa guerra aconteça mesmo e a população mundial diminua mais um pouco? Ou, até mesmo que ela acabe de uma vez… Estou torcendo… Mas se ela não acontecer, pode ser um terremoto, um tsunami… Tanto faz!

Deixe um comentário

Arquivado em Texto

Aguardem!!! O Retorno de Walmor!!!

Olá, seus malas sem alça. Estou no Afeganistão terminando um curso de como sobreviver em cavernas subterrâneas. Fui aprovado com louvor. Em breve, retornarei ao Brasil e escreverei nessa joça.

E, atendendo a pedidos, selecionarei alguns dos comentários dos muitos inúteis que visitam essa joça para responder com toda minha sinceridade e mau humor. Vocês não perdem por esperar.

Enquanto isso, procurem algo melhor pra fazer.

Preciso devolver o notebook pro Bin Laden. O sinal da internet 3G é incrivelmente bom aqui. Vou lá tentar ensina-lo a jogar truco. Mas ele é bonzinho demais. Não leva jeito pra essas coisas.

1 comentário

Arquivado em Texto