Arquivo da tag: ermitão

Chove chuva, chove sem parar…

cheia

Tem gente que fala que eu sou ranzinza demais, mas ninguém fala que eu tenho motivos de sobra pra isso.

E agora aqui em São Paulo está na fase das chuvas. Que chuvas! Aquelas chuvas! E aí alaga tudo. E é um caos danado. E as casas alagam. E os carros alagam. E as pessoas aparecem na televisão nadando em plena Anchieta. O que é isso minha gente??

O que é isso que está tudo errado. Tem esses governantes bananas que só se preocupam com seus próprios aumentos de salário. E tem o povo que insiste em jogar lixo na rua. Joga papel, joga sacolinha, joga garrafa. Joga até sofá! E é a mesma pessoa que vê a casa dela encher até o teto. Aí vem reclamar que alaga tudo. Sem contar que a gente vive num lugar com tanto concreto, com tanto asfalto, que a água não tem mais pra onde correr.

Da próxima vez que for jogar um sofá na rua, faz o seguinte. Coloca esse sofá na frente da sua casa. Aí ele pode servir de barricada pra segurar a água que vai entrar na próxima chuva. E se não chover, ele serve pro pessoal fazer uma social em plena calçada. Bater um papo, jogar um truco. Ou senão você dá um jeito de guardar esse sofá na sua casa. E se tiver mais lixo, empliha em cima do sofá. E aí, quando alagar tudo, você vai ter um lugar pra subir e fugir da água. E eu tenho uma dica do que você pode fazer com aquele estrado de cama e com as garrafas pet que você não recicla: junta os dois e faz um barco. Você resolve dois problemas de uma vez, o do lixo e o da enchente.

barco

No meu caso, pra evitar problemas com enchentes, eu simplesmente não saio de casa. Além disso, eu moro num prédio. Mas nessas horas que vejo a cidade num caos, faço minhas contas e vejo se já vou conseguir me mudar pro alto da montanha. Ainda não deu, mas essa hora vai chegar. E aí quando eu for pro alto da montanha, eu não vou ter telefone, não vou ter internet e nem campainha. Vou realizar o sonho de ser um ermitão. E não vou querer saber se vai chover, se vai alagar, se vai nevar. Vou ser simplesmente o homem mais feliz do mundo. Sem deixar, é claro, de ser um baita rabugento.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Texto

Top 10 do Walmor – 8o. Lugar

A incrível lista das pessoas que Walmor Salgado mais gosta no mundo

8o. Lugar – Bob Dylan

Bob Dylan é o rabugento em pessoa. Desde o começo de sua carreira tratava mal os jornalistas. É isso aí, Bob, não dá moleza pra esses malas!!

Bob Dylan é um grande precursor no mundo da música. Afinal, ele foi o primeiro a realmente ser grosseiro com a imprensa. Não tinha a menor paciência praquelas mesmas perguntas. E respondia o que realmente pensava, sem se preocupar se a outra pessoa ia gostar ou não. Mais ou menos como eu faço.

Bob Dylan é um gênio. Inventou histórias, criou uma história fictícia de suas origens, pra enganar a mídia. Cada vez aumentava mais alguma coisa, sempre inventando a sua própria história. E, depois de muito tempo, riu da cara desses imbecis que acreditaram. Genial!

Bob Dylan é quase um ermitão. Quando cansou-se da amolações da indústria musical, da mídia e de seus baba-ovos, ele se isolou da civilização. Citou um acidente de moto (em que até hoje muita gente  não acredita) e aproveitou pra sumir do mapa. Por muitos anos. Bob Dylan simplesmente desapareceu por quase toda a década de 70, e só depois reapareceu.

Bob Dylan não está nem aí pra nada. Nem pros fãs. Que atitude pode ser mais autêntica que essa? Bob Dylan altera seu repertório em todos os shows, muda totalmente a cara de suas próprias músicas, e diz que não pode se preocupar em fazer o que os fãs querem e, sim, com o que ele mesmo quer.

Bob Dylan não tem mais voz pra cantar, ficou com a voz de taquara rachada, e mesmo assim faz shows, grava discos, e não está nem aí. E se você comprar o disco ou for ao show e não gostar, provavelmente ele vai dizer que isso é problema seu. Mais perfeito impossível. 

Com tudo isso, às vezes me pergunto: será que Bob Dylan é Deus?

2 Comentários

Arquivado em Texto